Início Dicas e Cursos Sarahah, precisamos falar sobre este app.

Sarahah, precisamos falar sobre este app.

485

Quem aí se lembra do Secret, o app que, entre 2014 e 2015, causou um “bafão” e tanto permitindo a publicação de segredos de maneira anônima? Depois de muita polêmica, os desenvolvedores decidiram encerrar o uso do aplicativo, o que causou muita discórdia. Mas, agora, um novo app chamado Sarahah vem chamando atenção pelo mesmo motivo: os perigos de se permitir enviar mensagens anônimas na internet.

Publicado nas lojas de aplicativos móveis no dia 21 de julho, o app de origem árabe rapidamente se tornou um dos mais populares da App Store dos Estados Unidos, além de ter sido baixado mais de 1 milhão de vezes na Play Store. Diferentemente do Secret, que exibia uma linha do tempo com os segredos anônimos revelados, o Sarahah permite enviar mensagens para seus amigos de maneira anônima, sem a chance de resposta.

Enquanto algumas pessoas acham a ideia bacana para elogiar umas às outras, sem expôr sua identidade (seja por vergonha ou medo), muitas outras aproveitam o anonimato para destilar venenos e praticar cyberbulling. Com isso, o app já foi chamado de “um campo fértil para o ódio”, segundo um usuário da App Store que publicou uma avaliação negativa do Sarahah na loja da Apple.

Como o app ainda não “pegou” aqui no Brasil, as opiniões postadas pelos usuários refletem a realidade de outros países, onde questões como racismo e xenofobia são ainda mais impactantes do que aqui. Contudo, a julgar pelo caso do Secret, não será uma surpresa se os brasileiros adotarem o Sarahah para enviar mensagens ofensivas a seus conhecidos, protegidos pela garantia do anonimato.

Bom, quem estiver disposto a usar o app controverso pode se proteger de alguma forma, marcando nas configurações uma opção que impede o recebimento de mensagens anônimas. Isso porque o app também dá a opção de revelar sua identidade. Ainda é possível configurar o aplicativo para que seu nome não apareça nos resultados de busca, e, com este recurso ativado, somente as pessoas para as quais você enviou o link de seu perfil saberão qual ele é.

Fonte: Canal Tech/ Metro

Deixe seu comentário